domingo, 14 de março de 2010

CARA DE C.U


Se tem uma coisa que eu odeio com todas as minhas forças é ir a algum lugar e ser mal atendida, não importa o lugar. Não há nada melhor que entrar em um estabelecimento e se sentir bem, se sentir à vontade, sentir que aquelas pessoas te tratarão bem.Nada melhor que um sorriso,um "posso ajudá-lo?",qualquer que seja o gesto de atenção. Vender é um dom. Certamente, não é pra qualquer um. Você conseguiria ser vendedor todos os dias de sua vida? Essa é a pergunta que se deve fazer antes de assumir esse "pepino". É um pepino sim, lidar com gente não é brincadeira.Mas a partir do momento em que entrou nesse projeto amigo, se jogue, mas faça bem feito.
Certa vez, fui ao shooping pra fazer compras. Sim, só vou a esse lugar pra comprar,pois não há nada mais triste pra mim, enfatizo, pra mim, que passear no shopping, está longe de ser meu lazer preferido. Voltando. Andando apressada para sair logo dali, vi algo que me chamou atenção, um vestidinho bem bonitinho na vitrine de uma loja. Quando olhei pra cima, vi o nome da tal loja, pensei "vou vazar daqui pra não cair na tentação do cão", mas tinha gostado tanto do vestido que era quase impossível não entrar. Vou, não vou, fui. Entrei. Primeira cena, quase todas sorriram pra mim, com aquelas carinhas de hojetemcomissão, elas se olharam, meio que me disputando, pois obviamente, eu era a única na loja (sim amigos, essas lojas vivem vazias, pois coragem é a principal premissa para entrar em um ambiente com esse). Até que veio uma, super simpática, bem treinada para nos iludir e acharmos que temos todo aquele dinheiro para pagar aquilo ali, cheia de nove horas, sei lá se ela é simpática na vida, só sei que adoro ser bem atendida e se a moça foi simpática comigo, ali, exatamente naquela hora, não há porque achar ruim. Pois bem, o vestidobonitinho que eu tinha visto era praticamente o dobro do que eu ganho hoje, falei pra moça: Caro hein, será que é justo eu trabalhar 2 meses pra pagá-lo? Só que falei na brincadeira, de boa, até ri pra menina, pois sabia, logicamente, que ela não era a culpada por tamanho absurdo. Ela riu também e educadamente me falou que eu poderia dividir em 6X. Sabe o que significa dividir um vestido de quase 5 mil reais em 6x? É pagar seis parcelas 833 reaisssss! Pense, é quase o dobro do salário mínimo. Puta que pariu. Tentando me recompor, eis que surge uma criatura dos infernos, e profere as seguintes palavras: Você tem a opção de não pagar. Pensei, "quem é essa doida se intrometendo nos meus negócios?".Logo percebo que a doida é simplesmente uma outra vendedora da loja, mas diferente da que me tratou com simpatia, esta tinha CARA DE CÚ, vocês já conheceram pessoas assim? Cara azeda, antipática e mal-humorada. Putz,dica: se você é assim na vida e não é vendedor, tudo bem, mas pow, se você tem cara de cú e é vendedor, larga a profissão amigo, faça um bem para nós clientes. É você que nos faz desistir de uma compra, ou é você ou é o preço. Não tem outra opção. Quando gostamos, entramos em uma loja, é porque a intenção é quase sempre levar o produto.Então, não dificulte as coisas. Você quer sua comissão e eu quero o vestido. Mas enfim, virei para a moça simpática e falei que não poderia levar, pois não poderia gastar 50% do meu salário em um pedaço de pano com umas pedrinhas, e virei pra moça Cara de Cú e falei para ela refletir sobre sua existência. Me arrependi logo depois, porque acho que peguei pesado. Sou boba demais.
Saí da loja meio puta e meio arrependida, de ter entrado na loja e de ter falado aquilo pra chatinha. Fui direto pra casa,nos meus momentos reflexão no carro "na feira compro 5 blusas por cem reais, todas bonitas, do jeito que eu gosto, divido no máximo em duas vezes, não compromete metade do meu salário, sou bem tratada e faltam me colocar no colo (já falei, se é falsidade ou não, não importa). Me pergunto: Por que entrar nesses lugares, por que arriscar a cair na tentação do cão (porque isso não é de Deus) de comprar aquilo que não vou poder pagar? Por que fazemos isso pessoal? Só pra ter a tal marca em sua roupa?Já pensou que as marcas geralmente ficam escondidas? Já pensou que muitas vezes o outro tá pouco se fu... para roupas que você usa? Não se iluda por falsos valores,pois a MELHOR das marcas é a nossa essência.

28 comentários:

  1. Eu nõ suporto gente com cara de cu ._.'
    Por sinal, pensei outra coisa quando vi a imagem rápido =X heuheuheuhe

    ResponderExcluir
  2. Gente cara de c.u. é ruim demais!!! Ah vai, ninguém merece, independente de se a pessoa é desse jeito em casa, ou no trabalho, ou com o relacionamento amoroso ... acho que independe da pessoa se fracassada na vida ou não, tem gente que tem muito do que desejamos para nos declarar "feliz" e ainda assim tá lá sempre com cara de cu ... e moça: vestido de 5mil!! Olha...coragem heim, pra sair da loja! rsrs

    ResponderExcluir
  3. Fui corajosa ao entrar na loja...rss

    ResponderExcluir
  4. Cara de cu..rsrs..bem chamativoo
    Corajosa é poucoooo...supeer corajosa.
    Carinhoo esse vestido eiinn..rs

    Ameii seu blog^^
    Escreve muiito bem, e se expressa muito bem.
    Parabéns...seguindo aqui.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Realmente, uma cara fechada (a popular cara de cu) é algo extremamente chato. Seja um amigo, ou um vendedor, ou apenas o cobrador do ônibus, a cara amarrada é algo muito desagradável.

    http://bardoge.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. odeio cara de cú, pessoas qe forçam demais,sempre sobram no final !

    ResponderExcluir
  7. que imagem bela rsrsrsrsrsrs; volte mais vezes bjos, tô seguindo

    http://deborestt.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Ei Fê! achei seu blog numa comundiade do orkut e vim conhece-lo. definitivamente n perdi meu tempo caindo na tentação de bisbilhotá-lo nem to arrependida pq eh simplesmente otimooo!! parabens!!!
    enina, eu trabalhei como recepcionista num hotel e a gente recebia inuuumeros treinamentos sobre bom atendimento e a diferença q isso faz. meus superiores costumavam falar q a recepçao era nosso palco e e nos eramos os atores e q os atores qd entram num palco, deixam sua vida real nos bastidores, ou seja: msm com 10000 d problemas, ali n opalco a gente tem q ser simpatico e atender bem nossos clientes.
    eu acho q todo mundo q tem cliente, seja vendendor, recepcionista, cabeleleiro ou o escambal deveria ter esse pensamento sabia?
    bom eh isso entao querida!
    parabens pelo seu blog! simplesmente adoreiiiiiii!!
    beijossssss

    ResponderExcluir
  9. Percebi que seu post tem muito haver como o meu, funcionalismo público. Quantas vezes nós, cidadãos vamos buscar um serviço público, e, logo, está aquele servidor com "cara de bunda" para nos servir? Rs....
    Infelizmente o papel de atender bem ou mal, esta no sistema capital, pois muitos atendem conforme o interesse de ganho, se ver que não vai vender, para quem antender? E as vezes ocorre muito engano, já que também eles visam os vestimentos.
    Acredito que todos nós passamos por um processo igual. Vejo que és de brasília, eu também sou. E aqui, é o que mais acontece no meio lojistico, atendentes com cara de cú! eeheheh...Obrigado pelo comentário.

    ResponderExcluir
  10. Olha só flor, seu post me chamou atenção, pois eu sempre trabalhei com VENDAS. Inclusive, já trabalhei no shopping, mas trabalhava com telefonia móvel. Estou neste ramo, há uns 3 anos, e uma das coisas que sempre me tornaram uma ótima vendedora, foi a EMPATIA. Não importa o produto que você venda, até mesmo se for na feira, como você frizou, o negócio é ser simpático. Garanto, a vendedorazinha cara de cú, que tem o nariz empinado e se acha no direito de esnobar um cliente, não ganha nem 1/3 do que seria suficiente para comprar aquele vestido! Rs
    Já passei por situações como essas, antes de tudo também sou consumidora! Beijos ;*

    ResponderExcluir
  11. Juju e Mari, poxa, fico em saber que vocês tratam ou trataram seus clientes com respeito e atenção. Mari, falou tudo, empatia é o principal requisito para se trabalhar com pessoas. Só quando nos colocamos no lugar do outro percebemos o quão fundamental é uma boa abordagem.
    Tem cliente cara de cú também, que tem aprender a se colocar no lugar do vendedor.

    ResponderExcluir
  12. Cleber, trabalho com o público diariamente, e mesmo estando com uma puta cólica, dor de cabeça, dor de dente e tudo mais, tento, ao máximo, desfazer minha cara de bunda, ocasionada pela dor, pra tratar bem aquele que atendo. Quando vem um estressadinho, dou um sorriso, e ele fica pianinho. A educação vence a grosseria, às vezes. Sempre é bom usar uns métodos. rs

    ResponderExcluir
  13. Puts... que feira cara é essa? 5 blusas de 100 reais? Um salário mínimo só de blusa? Bizarro. A única vitrine que eu olho no shopping é a de loja de tênis, porque eu calço 48 e é difiícil de achar, então fico ligado.

    http://ordemdosprimatas.blogspot.com/2010/01/o-padrao-sangalo.html

    ResponderExcluir
  14. Cinco blusas por cem reais, 20 cada...
    Aff meu filho, 48 de pé? Isso é uma prancha...rss

    ResponderExcluir
  15. Me expressei mal, com 100 reais compro 5 blusas...

    ResponderExcluir
  16. Ah bão... melhorou hehe. Resposdendo suas perguntas. Eu gosto de muitas coisas. Com relação à músicas, por exemplo, gosto daquelas em que você percebe que vem de dentro do artista, em que você percbe que ele está se expondo, dando a cara à tapa. A música comercial ela segue um padrão industrial, por isso é feita artificialmente, planejada, sem riscos, sem exposição, como é o caso de Sangalo. Poderia me prolongar bastante nesse assunto, já que gosto de fazer música. Mas pra resumir, artistas brasileiros que eu considero que fazem música naturalmente e que eu gosto: Tim Maia Racional, Bnegão e os Seletores de Frequência, O Rappa (até o "Lado B Lado A"), Nação Zumbi, Ratos de Porão, Os Mutantes (Melhor banda brasileira de todos os tempos), Novos Baianos (só conheço o "Acabou Chorare"), tem mais só que eu to esquecendo hehe.
    ____"Peu, você gosta de que e de quem?" Bom, isso aí é muito vasto, começando a lista por minha mãe heheh. Mas, o meu gosto geral segue basicamente o gosto musical. Gosto das coisas naturais, feitas pelo motivo da sua própria existência, da sua própria essência e não feita por segundas intenções como dinheiro e poder.
    ____"Outra, você citou que já feliz com coisas concretas, pode me dizer alguma?" Tenho que dizer que felicidade não é muito a minha praia, pois eu não a superestimo. Não acho que a felicidade justifique os meios para se chegar a ela. Uma pessoa pode estar errada e feliz, pode ser um assassino e ser feliz. Mas, fico feliz quando eu olho pra minhas músicas, meus textos, minhas idéias, meus amigos, minha família, quando consigo captar a energia positiva da natureza ao meu redor e dos momentos que tudo isso junto proporciona.
    ____"Na sua opinião, o que é ser vazio?" O vazio é aquele que quer deixar toda a sua suposta personalidade exposta em sua casca. Aquele que se mantém conectado ao momento, por que é doloroso pensar no seu passado improdutivo e seu futuronebuloso. Aquele que tem que estar o tempo todo acompanhado para que não caia na armadilha da solidão, quando pensa por si sóe olha para si mesmo. O vazio só aproveita o momento e não se importa em deixar sua marca, só se importa em gastar o que já existe e "aproveitar a vida" sem deixr sobras para os outros. O vazio é aquele que se mantém na superficialidade e age sem pensar, se diverte sem pensar, foge de questões que não lhe agradam mesmo que sejam importantes pra ele. O vazio tem dificuldade em ver o outro ser vivo como parte de si mesmo, independente do que o outro pensa. O vazio busca somente a felicidade pois não consegue entender a tristeza, sem saber que a tristeza pode ser um sinal de sucesso e deve ser compreendida e não abandonada.
    ___ Foi mal pelo comentário gigante hehe.

    www.ordemdosprimatas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. me adiciona no msn pra gente conversar melhor hehe. quem sabe depois você não publica a conversa? hehe

    peutr@hotmail.com

    ResponderExcluir
  18. Te falei minha brother, te falei... Rs!
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Menina,
    e esse doido agora quer ser seu amiguinho é... affffee... povo doido!!!
    Gostei da cara de cu... muito bom mesmo seus posts, e quer saber acho que vc n pegou pesado n e deveria colocar no post o nome da loja e da tal vendedora, temos que propagar a existência deste tipo de criatura abominável!!!
    Poxa vida a mulher esta ali pra nos servir e ainda vem nos deixar com peso na conscienciaaa..... ai que ódiooooooo vamos la bater nela??? vamos vamos!!!!

    ResponderExcluir
  20. lendo o post fiquei me vendo no meu dia-a-dia. trabalho com pessoas diariamente e tenho que manter sempre um astral lá em cima, afinal elas não tem culpa se tive uma péssima noite ou briguei com a namorada. é um trabalho diário de paciência. gostei mto do blog.

    http://blog-do-faibis.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. ameeeeeeeeeeeeii o post!!!
    só vc msm pra ficar com a consciência pesada em ter tirado a chatinha...rsrsrs...
    bjuuuuuuusss...amo!!!

    ResponderExcluir
  22. Concordo, e eu ri mt da foto... kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  23. Parabéns pelo pensamento e pela foto. Enfim, parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  24. Oi flor, obrigada pelo comentário no blog.
    Espero trazer assuntos que interessem à você.
    Se puder contribuir com algumas críticas, elogios e sugestões, adicione-me no ]

    MSN> papodemuie_contato@hotmail.com
    Comunidade no Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=99580324

    Obrigaaada, conto com você!

    ResponderExcluir
  25. Novamente lhe dou os parabéns pelo belo blog e pela bela reflexão proposta.

    ResponderExcluir
  26. auhsauhsa, a imagem é ótema! xDD! Seu blog está d eparabéns. Um layout perfeito, posts bem explicativos e com conteúdo, assim que se faz! Gostei, voltarei mais vezes! Abçs

    ResponderExcluir
  27. Ser mau atendido é realmente rídiculo e capaz de gerar um grau de ódio enorme. Quando fui trocar de carro o vendedor tirou uma com a minha cara, como se eu não pudesse comprar o que estava olhando.

    Dai acabei comprando em outra revenda mas fui lá para comprar um acessório, era mais perto de casa e não perdi a chance de zuar o cara.. que ficou com a famosa cara de cu.

    Mas, como devo ser uma pessoa menos elevada que vc não me senti de maneira nenhuma compelido a ter pena dele.

    Bom eu gosto de roupas caras, não pelo preço pq isso é babaca. Mas, pela qualidade não dá pra comparar um terno armani, ou Hugo Boss com um mais barato ... Contudo, é questão de gosto.

    Não sei se é uma questão de valores não acho que comprar uma roupa mais barata ou não interfere em ser uma pessoa boa ou não, e também acho que vc não fez inferências nesse sentido.

    Já me alonguei muito

    Abs,

    ResponderExcluir
  28. Sim Marcos,não fiz inferências nesse aspecto, pq de fato o preço que você paga em um roupa nada tem a ver com seu caráter. Se achasse que fizesse diferença tinha comentado.

    Brigada pelos cometários sempre inteligentes.

    ResponderExcluir