sábado, 13 de março de 2010

Moço, vai ter coxinha?


Eu nunca gostei de festa muito chique. Sei lá, não fico à vontade. Parece que todos estão me olhando e me analisando. E eu fazendo o mesmo.Enquanto estou pen-
sando: "ai que merda, o que que eu tô fazendo aqui", eles estão, "quem é aquela ali?", ela pertence à família "Passos de Mourão"(não me veio outro nome na cabeça). Não, eu pertenço à família Miranda, algum problema? "Nossa, aquele vestidinho até que é bonitinho! Será qual foi a grife?" Não, não. Foi minha tia que fez mesmo. "Que sandálias lindas! Aposto que é Fernando Pires!" Não, é da Fernanda Calçados,conhece? Não sei porque, mas sempre passa pela minha cabeça esse tipo de coisa. A música, sempre aquela música chatinha instrumental,quando são aquelas internacionais bacaninhas até que vai.Parece que a música instrumental é escolhida para que as pessoas possam conversar durante a festa e tal. Mas pergunto, conversar o que? Festa de gente rica, geralmente,são chatas, com pessoas chatas, portanto, o papo, quase sempre, é chato. Pow, não quero ir à uma festa pra debater política, não tô ali pra mudar o mundo em uma noite. Tô ali pra dançar, falar besteira, rir.
Ah, tem dois tipos de festa de gente rica, uma é com mais mesa e cadeira que gente, e a outra, é sem mesa e sem cadeira.Por que tamanho extremo? Tem hora que a gente quer dançar, mas a gente senta em alguns momentos também, ora bolas.Como faremos? Não tem como estarmos nas duas ao mesmo tempo. Enfim, sem graça, as duas.
A decoração é um caso à parte, a primeira, aquela que tem mesa, tem tanta vela que o brigadista é obrigado a cobrar mais caro. A segunda, a sem mesa, não tem nada.Nada mesmo. Nada pra te distrair naquela noite tão sem sal.O importante é sempre levar um amigo, não importa o grau de amizade, mas certamente, especificamente nessa festa, ele será o seu melhor amigo, o salvador da pátria.
Vamos falar de coisa boa?Comida! Masss...que comida? Cadê a comida? A festa sem mesa, não tem comida, no máximo umas coisinhas lá que eu não sei o nome que os garçons nos dão para nos enganar, para ficarmos achando que depois virá o jantar, o banquete.Ele nunca virá, nunca. Na festa que tem mesa, até que tem comida, tem jantar e tudo mais. Mas me pergunte se a comida é boa. Nada! Aquelas misturas esquisitas. Ou com gosto de nada ou com gosto de tudo.
Ou amargo demais ou azedo demais. É nessas horas que eu sempre pergunto, sem medo de pagar mico: MOÇO, VAI TER COXINHA? Eles riem, não sei se é de mim ou pra mim.
Melhor momento da festa: Hora de ir pra casa. Entrar no carro, tirar o salto, desapertar o vestido, ligar o rádio, ouvir "para ouvir e amar" (um programa que passa de madrugada aqui em BSB),abrir a porta, comer (se você foi à festa que não teve comida), tomar banho, dormir e sonhar com a coxinha que nunca chegará.

38 comentários:

  1. Aqui perto de casa tem uma coxinha profissional de R$ 1,00 massa. Apesar de nunca ter frequentado festa de rico, festa sem comida não é festa. Com que frequência você frequenta festa de rico?

    Propagandeando o Racional Ridículo - http://ordemdosprimatas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Pouquíssimas vezes, mas já tive oportunidade de estar nesses dois tipos de festa que falei. É um saco. Não gosto mesmo. Nada melhor que uma coxinha né? rss

    ResponderExcluir
  3. eh a msma coisa q entra em restaurante chique e pergunta se tem arroz e feijao hahaha

    ResponderExcluir
  4. muito bacana seu blog Fê!

    to te seguindo!

    ResponderExcluir
  5. O que eu mais fiz na vida, nesse tipo de coisa, foi ir a festa de 15 anos mal vestido de penetra hehe. Era massa. AÍ,assim como todo mundo, eu aprendi que o lugar não importa e sim as pessoas, ai parei de ir a essas festas.

    ResponderExcluir
  6. Que legal que é de Brasilia *-*
    já estou seguindo amr .

    ResponderExcluir
  7. Peu, enfim concordamos em algo.rs
    Penso exatamente assim!

    Aleluiaaaa kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  8. Otimo Blog fernanda Parabenss!

    http://musicsrapid.blogspot.com/

    Baixe Músicais de todo Gênero!

    ResponderExcluir
  9. Cara ... puts .. me identifiquei tantoo rs .. ri muito lembrando de algumas festas que fui do tipo.. me trouxe muitas lembranças seu post ;rs

    ResponderExcluir
  10. HSUAHSUHAUHSUAHS
    simm essas festas são um porre ;/
    pior ainda é quando só tem velhos e voce é a unica jovenzinha da festa ;/
    HSUHAUSHUAS
    sim já aconteceu comigo ;/
    nem gosto de coxinha ou ;/
    um dia fui comer uma e tinha um osso. nunca mais comi
    kk

    http://carolvirva.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  11. Sempre tem um tiozinho incoveniente que vem com gracinha...rsss

    ResponderExcluir
  12. kkkkkkkkkkk...
    Muito bommmmmmm...
    A partir de hj adotarei a técnica da pergunta "moço tem coxinha?"
    kkkkkkkk... mto bom!!!!

    (Obrigado por comentar no meu blog!)

    ResponderExcluir
  13. (Vc comentou no POST errado Fernanda... repete o mesmo comentário no post BIODIVERSIDADE? - Vlws!)

    ResponderExcluir
  14. bom a materia ta ótima e ache legal o teu blog fuiz

    http://jhon08.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. kkkkkk adoreeeei!!
    festa é uma coisa q se ve caaada monstro!! hahaha
    adorei o blog, voltarei, com certeza!

    se der, da uma visitada no meu? =D http://whaaatman.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Adorei o post... realmente tbm me sinto assim.. por isso nao frequento tanto locais chiques.. =D

    ResponderExcluir
  17. Sou fã de coxinha -q
    *-----*
    SE POSSIVEL VISITE MEU BLOG TB..
    http://d0rg4d0s.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. adoro coxinha KKKKKKKK

    ADOREI O BLOG
    http://seilaasvezesirrita.blogspot.com/2010/03/antiga-geracao.html

    ResponderExcluir
  19. Se há uma coisa que aprendi na vida é que a melhor festa é aquele que a gente não foi!

    ResponderExcluir
  20. uashasuash RI MT!

    Nunca fui em festa de gente "rica" mas acho que festa sem aquela tia que fica falando alto, sem os priminhos correndo pra la e pra ca, sem o tio que bebe de mais e sem GENTE LEGAL não é festa!

    asuhasuas

    Adorei.

    Bj Bjo

    ResponderExcluir
  21. sauhsuhauhsuhaushauhsuhasuauhs, ah veio, festa que é festa, tem que ter a bagaceira!

    ResponderExcluir
  22. Bom mesmo são esses salgados.
    hehe

    Ah, adorei o nome e o título do seu blog.
    *.*

    To seguindo.

    ResponderExcluir
  23. kkkkk
    curti mto
    tb não gosto muito de festa 'chique'
    uahuahuahu
    gostei do blog
    to te seguindo

    ResponderExcluir
  24. haha, eu ja passei um casamento inteiro sem comer nada e olhe que a noita era tia da minha melhor amiga, eu so tomei um copo de refrigerante e nem ver comida eu vi Q
    eu ri com o que tu falou nem nego, dahora mesmo :*
    seguindo

    ResponderExcluir
  25. COXINHAAAAA \o/
    hehehe

    to te seguindo guria =]
    bjss

    ResponderExcluir
  26. Oi obg pelo comentário, adorei teu blog, :D
    Escreve muito bem, parabéns, to te seguindo tbm. bjus
    http://iarabandeira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. Coxinha nao pode faltar em festa nenhuma ! seja ela chique ou ralé !! Coxinha é nota 10 !!!

    ResponderExcluir
  28. Texto bacana, num sô chegado em festa chiique tb nãoo... Gosto de uma coxinha mesmoo... kkkkkk

    ResponderExcluir
  29. Voltando aqui e parabenizando pelo sucesso. Mais de 30 comentários. Vlw!

    ResponderExcluir
  30. Essas festas de ricos servem pra uma coisa: Impressionar. Os ricos gostam de fazer festas só por fazer. Como se quem desse mais festas no ano ganhasse um troféu. Acho inválido, isso. Se ajudasse uma instituição, ou qualquer outra coisa que preferir, com o dinheiro, seria muito mais válido. Muito.

    www.superomma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. quero comer coxinha agora ._.
    muito bom o post =D como eu já tinha percebido, vc escreve bem =]

    ResponderExcluir
  32. Retribuindo a visita...Adorei o seu blog (seguindo)nossa esse post é a mais pura verdade, sempre bate aquela vontade quase incontrolável de perguntar se vai ter coxinha ou pedir para trocar a música. Beijos =)

    ResponderExcluir